Conheça dicas importantes para ajudar seu filho a comer alimentos saudáveis

Dicas importantes para ajudar seu filho a comer alimentos saudáveis

Uma alimentação balanceada e saudável é essencial para que as crianças e os adolescentes cresçam, se fortaleçam e se desenvolvam de maneira positiva. Porém, essa é uma difícil missão que os pais e familiares enfrentam, não sabendo, muitas vezes, como agir para que a criança ou o adolescente se alimente de forma saudável.

As estratégias para ajudar seu filho a comer alimentos saudáveis são diversas e podem ser escolhidas de acordo com o perfil dele. Abaixo, seguem algumas dicas:

Estimule a participação

Uma das formas de fazer com que o seu filho se interesse pela comida é deixando que ele participe das escolhas e decisões que são tomadas pela família em relação aos alimentos. Levá-lo ao supermercado, deixar que ele segure a lista e que faça algumas escolhas, como comprar cenoura ou abóbora, pode fazer com que, na hora da refeição, ele queira experimentar o alimento que optou por comprar.

Outras dicas para fazer com que esse envolvimento aconteça: louças e jogos americanos coloridos e divertidos, usar cortadores com formatos alegres para sanduíches e biscoitos e organizar os alimentos no prato criando “carinhas” ou figuras que possam ser estimulantes.

A Enganação não é um método eficaz

Seu filho não deve ser enganado para que coma determinado alimento, pois isso pode gerar uma desconfiança difícil de ser revertida. Ao invés da mentira, opte por falar que é uma novidade ou que é um alimento especial. Claro que, muitas vezes, ele vai fazer cara feia e não vai querer experimentar, porém, tentar enganá-lo, só piora a situação.  

É fundamental ser um bom exemplo

Para que seu filho se sinta estimulado é imprescindível que a família seja um bom exemplo e que procure não comer alimentos que não querem que ele ingira. Dessa forma, a alimentação saudável é encarada como algo natural e normal e não como um problema, pois se todos comem assim, ele automaticamente vai começar a imitar.

Não force

Ao incluir um novo alimento, opte por porções pequenas e não force seu filho a comer tudo que estiver no prato, para que não seja provocada uma reação negativa nele. Caso ele prove e não goste, não é necessária uma grande preocupação, pois esse mesmo alimento pode ser introduzido novamente em um momento posterior, já que pesquisas provam que as crianças aceitam melhor um alimento após provarem o mesmo de 8 a 10 vezes.

Sem distrações na hora de comer

Na hora da refeição evite distrações, como televisão, tablet ou celular e essa regra deve valer para toda a família. O momento da refeição deve ser de atenção ao seu filho, para que ele receba elogios quando provar um novo alimento, para que conversem assuntos sobre o universo dos alimentos, como o nome, a cor ou o formato dos alimentos. Esse momento especial torna o processo mais fácil.

Vá a Hortas e Feiras

Levar o seu filho para feiras e hortas é um estímulo a mais para que ele se interesse pelo universo dos alimentos. Mostrar verduras e legumes crescendo, como são colhidos, lavados e transportados faz com que ele tenha maior vontade e curiosidade na hora de prová-los.

Receitas Variadas

Os alimentos podem ser preparados de diversas formas e, por isso, variar nas receitas é uma ótima dica para que ele prove um mesmo alimento em diferentes momentos. Para isso, também é interessante adaptar alimentos que ele já gosta. Por exemplo, caso ele goste de nuggets industrializados, é possível fazer uma receita de nuggets caseiros de espinafre, ou caso goste de picolé, é possível fazer picolés de fruta, sem adição de açúcar ou qualquer conservante.

Para concluir, é a alimentação saudável que garante que o seu filho se desenvolva de maneira correta, pois ela auxilia na formação, previne as doenças e faz com que o corpo funcione bem. Dedicação e paciência são palavras chave nesse processo, que pode se tornar uma inspiração para que toda a família se alimente de forma saudável.

Em nosso blog para você encontra dicas de saúde e bem estar para toda a família, fique ligado!

>