Terapia do Abraço: Benefícios para a saúde física e mental

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Terapia do abraço: Benefícios para a saúde física e mental

O abraço é uma expressão do corpo que demonstra diversos sentimentos como amor, carinho e cuidado. Além disso, é um ato que nos conecta com outras pessoas, através de emoções e sensações. A terapia do abraço costuma ser recomendado por especialistas com frequência tamanho o seu poder terapêutico.

Benefícios da terapia do abraço

Pensando em todos os benefícios do abraço, foi criado a Terapia do Abraço, uma técnica que nos ajuda a lidar melhor com diversas emoções, como frustração, raiva e tristeza. Vale destacar que esses sentimentos estarão presentes em nossas vidas e que o grande segredo é saber lidar com os mesmos, tornando os legítimos e  pertencentes a vida humana.

A Terapia do Abraço funciona de forma simples e prática. Vamos dar um exemplo: se uma pessoa está se sentindo triste, ao invés de tentar analisar os motivos do sofrimento ou consolá-la, você simplesmente oferece um abraço. Será através desse movimento que você vai conseguir transmitir a sua paz, tranqüilidade e calma para que a pessoa se sinta melhor.

É importante dizer que essa terapia é recomendada também em momentos em que os indivíduos se sentem bem e querem compartilhar, de forma mútua, bons sentimentos e energias. A Terapia do Abraço pode ser praticada por indivíduos de todas as idades, sexo, gênero, etc.

Os benefícios da Terapia do Abraço

Diminui os riscos de doença cardíaca;

Reduz os níveis de hormônios do estresse;

– Ajuda no controle da ansiedade;

– Fortalece o sistema imunológico

– Libera a oxítocina, que é o hormônio da felicidade;

– Rejuvenesce, pois melhora a oxigenação do sangue;

– Promove a produção de hormônios do bem estar, que possuem função curativa;

– Promove a empatia, pois é um ato de reciprocidade;

– Melhora a auto-estima;

– Evita a depressão;

– Melhora a memória;

– Acalma e transmite segurança a bebês e crianças;

– Faz bem para o coração;

– Trás sensação de tranqüilidade;

– Eleva os níveis de serotonina, o que aumenta o bom humor;

– Relaxa os músculos e libera as tensões;

– Equilibra o sistema nervoso;

– Ajuda a prevenir doenças;

– Auxilia no tratamento de alexitimia;

– Alivia a sensação de dor.

Os tipos de abraço

Pode ser que você não saiba, mas existem diversos tipos de abraços que podem ser praticados.

Abraço materno – Esse é um abraço que cura tudo! Alivia a dor, transmite tranqüilidade e promove a segurança da criança ou do bebê. Dizem por aí que abraço de mãe cura tudo e não é que é verdade mesmo?

Abraço consolador – Esse abraço acontece quando uma das pessoas está triste e precisa de apoio. Muitas vezes, em um primeiro momento, um abraço pode ser o melhor “remédio” para a pessoa que está triste. Nem sempre a pessoa está no momento de analisar os erros que cometeu, apenas de ser acolhida.

Abraço demorado – Esse é um abraço que tem longa duração e que transmite a sensação de apoio, bem estar, conforto e segurança.

Abraço caminhante – Você sabia que existe um tipo de abraço que é feito enquanto as pessoas estão caminhando? Sim, é verdade! E esse abraço é capaz de transmitir apoio e a sensação de união entre as pessoas.

Abraço sanduíche – Esse tipo de abraço é feito por 3 pessoas. Basta que duas pessoas se abracem enquanto tem uma pessoa no meio delas. É delicioso e transmite a sensação de cuidado, amizade, alegria e cumplicidade.

Abraço surpresa – Esse é o tipo de abraço que acontece quando uma das pessoas não está esperando ser abraçada. É capaz de transmitir uma sensação de cumplicidade, amor, amizade, entre outros.

Portanto, abrace! Não importa o tipo de abraço que você vai dar, ele vai ser capaz de trazer benefícios muito positivos para a pessoa que será abraçada e também para você, já que esse é um gesto de cuidado mútuo. Que tal ir abraçar alguém agora mesmo?

Quer saber mais sobre saúde e bem estar? Continue ligado no nosso blog, pois aqui você encontra os melhores conteúdos!

 

Deixe sua mensagem

Comentários

    Assine a nossa newsletter