Entenda a relação entre câimbra e exercícios físicos

Será que existe uma relação entre câimbra e exercícios físicos? Quem pratica exercícios físicos sabe o quanto as câimbras incomodam e atrapalham o rendimento. Por este motivo, entender o que é câimbra e quais são as formas para evitá-la são essenciais. Se você pratica exercícios físicos ou está pensando em começar uma rotina regular de atividades, mesmo que seja apenas corrida, esse artigo pode ser interessante para você.

Em primeiro lugar, a cãimbra é causada por uma contração involuntária dos músculos, não representa nada grave, mas gera desconforto que geralmente dura em torno de 30 segundos. Normalmente, ocorrem durante ou após a prática de exercícios físicos nos músculos da perna, pescoço, mãos, pés, panturrilha, coxa e abdômen. Vale dizer, também, que é possível que essa rigidez ocorra em outros músculos do corpo.

Os fatores que desencadeiam esse tipo de contração incluem efeitos colaterais de drogas, alterações metabólicas (diabetes, anemia, alcoolismo, hipoglicemia, hipotireoidismo), estresse, doenças neurológicas (miopatias e parkinson, por exemplo), postura corporal incorreta, carência de alguns minerais (como potássio, sódio e magnésio), longos períodos de inatividade e deficiência de vitaminas.

Evite que a câimbra ocorra

É possível tomar algumas providências para evitar que a câimbra ocorra. Sabendo quais são elas, você pode treinar com mais tranqüilidade, pois as chances dessa dor incômoda acontecer são pequenas.

– Não deixe de tomar muito líquido durante o dia e nos treinos. Mantenha-se hidratado;

-Na hora de se hidratar, evite chás, refrigerantes, café ou álcool, pois como são bebidas com efeitos diuréticos elas causam a desidratação.

– Caso o seu treino tenha duração superior a 50 minutos, é recomendado que haja reposição dos sais minerais perdidos durante a transpiração. Para tal, bebidas isotônicas é uma ótima solução;

– Não se esqueça de se alongar antes e depois do treino;

– Dê um descanso para os seus músculos. Não é recomendado treinar os mesmos músculos dois dias seguidos;

– Inclua alimentos ricos em potássio na sua alimentação, como banana, tomate e uva.

– Faça exercícios localizados para que o seu corpo fique fortalecido.

Exercícios físicos para evitar a câimbra

Alguns exercícios físicos também são recomendados para evitar que a câimbra ocorra. Os exercícios a seguir devem ser feitos de duas a três vezes por semana, com séries de 15 repetições e, para realizá-los, você só vai precisar de um rolo (acessório usado para que a musculatura relaxe).

Exercício 1 – Deslize o rolo desde o tendão calcâneo até o joelho. É necessário fazer pressão sobre a musculatura.

Exercício 2 – Sente-se sobre o rolo e realize movimentos para trás e para frente, de forma que a musculatura fique pressionada. Os movimentos devem ser curtos.

Exercício 3 – Sente-se sobre o rolo com a parte lateral do corpo e deslize-o até a coxa. Realize movimentos curtos e firmes.

O que fazer quando a câimbra aparecer?

Quando a câimbra aparecer, é muito importante que aconteça uma pausa na atividade física durante a dor. Na hora que o formigamento surgir, algumas medidas podem ser tomadas.

– Faça uma massagem suave na região da dor, pois, deste modo, a circulação sanguínea será estimulada;

– Alongue, de forma devagar, as áreas afetadas pela câimbra;

– Após a dor diminuir, tome algum isotônico. Deste modo, a chance da dor voltar será reduzida.

– Faça uma compressa com água quente no local da dor. Os músculos vão relaxar e a dor desaparecer por completo.

Concluímos, portanto, que o fator mais importante na prevenção das câimbras é a alimentação rica em sais minerais e o treinamento adequado, que deve ser progressivo e sempre acompanhado de alongamento antes e após a realização de atividades físicas. Se você está começando a praticar atividades físicas, é sempre importante estar acompanhado de um profissional da área, para que ele possa orientá-lo sobre os melhores exercícios para o seu condicionamento físico.

Aqui no Doutora Agora, fazemos avaliação esportiva direcionado a pessoas que pretendem iniciar uma atividade física ou já pratica atividades regulares. O objetivo do exame é avaliar as condições físicas do paciente, levando em consideração as peculiaridades do esporte, seu histórico médico e os objetivos a serem alcançados com a prática esportiva.

 

>